SYFPAC® LVP

SYFPAC® é o acrônimo de “System for Filling Parenterals Aseptically into Containers of plastic materials” (Sistema Asséptico para Encher Parenterais em Recipientes de material plástico). LVP significa “Large Volume Parenterals” (Parenterais de Grande Volume).

SYFPAC® LVP foi projetada especificamente para recipientes com capacidade de 50 ml até 2500 ml para a embalagem primária em asséptico de soluções endovenosas, soluções para irrigações, desinfetantes, sabões líquidos, soluções para diálise contínua (CAPD), dosagens orais e antibióticos.

Podem ser desenvolvidos sistemas de enchimento para a embalagem de pastas, cremes, substâncias tixotrópicas, suspensões, substâncias que necessitam de proteção contra a luz e o oxigênio atmosférico.

A temperatura do líquido durante o enchimento deverá ser geralmente entre 4°C e 30°C. Podem ser desenvolvidos sistemas para controlar líquidos em temperaturas superiores.

Recentemente desenvolvemos um recipiente autodeformável. Com esta característica os recipientes não necessitam de expulsão de ar e não aspiram ar do ambiente durante a distribuição. Isso ajuda a evitar uma das causas mais comuns de contaminação durante as distribuições de fluidos endovenosos nos hospitais.

entre 4°C e 30°C

A temperatura do líquido durante o enchimento deverá ser geralmente entre 4°C e 30°C. Podem ser desenvolvidos sistemas para controlar líquidos em temperaturas superiores.

No setor das parenterais de grande volume, as garrafas de plástico fabricadas com máquinas Blow-Fill-Seal estão rapidamente substituindo as garrafas convencionais de vidro. Uma das razões principais é que a tecnologia BFS é capaz de fabricar recipientes de qualidade elevada a preços bem reduzidos. O processo, que inclui a insuflação, o enchimento e a selagem, é rápido e ocorre em ambiente protegido, deixando-o uma das tecnologias mais higiênicas para a confecção de fluidos intravenosos.
O que deixa o BFS o processo preferido no sector médico, além das características acima citadas, são as vantagens que se adicionam a seguir:
• as garrafas podem ser feitas de PP, PE ou HDPE. A ampla escolha de material permite responder aos requisitos mais diversos com relação ao custo, à disponibilidade de material para a confecção, a escolha de temperatura de esterilização e de compatibilidade com o fluido a confeccionar.
• sendo leves e virtualmente inquebráveis, os recipientes podem ser facilmente transportados sem perigo de danificação.
• graças ao novo design caracterizado por uma forma apropriada e uma espessura limitada, as garrafas podem ser deformadas, exatamente como os sacos flexíveis. Essas garrafas apresentam as vantagens de um saco sem a desvantagem do custo elevado. Essas garrafas não têm necessidade de purgadores durante a administração e, portanto, são preferidos pela equipe médica.
• o polímero mais apropriado para a fabricação de recipientes para parenterais de grande volume é facilmente disponível onde quer que seja. Esses materiais são compatíveis aos requisitos da farmacopéia americana e européia e foram ensaiados, aprovados e certificados para o uso na embalagem de parenterais.
• o nosso design da cabeça da garrafa ECO, PATENTEADO, permite mais uma redução do custo pois elimina a necessidade de aplicar também o dispositivo de fecho conhecido como tampa “Euro”. Isso permite uma grande redução do custo da garrafa.

Produtos